conecte-se conosco

Olá, o que procuras?

Uma seleção à parte
Uma seleção à parte
Mundial 2022 - qualificação

Futebol

Uma seleção à parte

Fernando Santos já divulgou a lista de jogadores convocados para os dois últimos jogos da fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2022, em que a Seleção Nacional irá defrontar a República da Irlanda (11 de novembro) e a Sérvia (14 de novembro). Apresentamos uma seleção à parte.

Como tem sido habitual nos últimos anos, trata-se de um conjunto composto por algumas das maiores estrelas do futebol mundial, como Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes, Ruben Dias ou Bernardo Silva. Na verdade, a qualidade é tanta que o seleccionador se deu ao luxo de deixar de fora alguns jogadores que, dado o seu valor, poderiam também ter lugar entre os eleitos da Seleção.

Alguns já fizeram parte de convocatórias no passado, outros ainda não. Deixamos-te abaixo alguns exemplos, focando-nos apenas em jogadores a atuar no estrangeiro, e que não estejam indisponíveis de alguma forma.

Luís Maximiano –O antigo guarda-redes do Sporting, atualmente a jogar no Granada, tem tido papel de destaque no clube espanhol, ao ponto de já haver rumores sobre o interesse do Barcelona na sua contratação. Nunca foi convocado para a seleção principal de Portugal.

Daniel Carriço  Aos 33 anos,o antigo central/médio de Sporting e Sevilha ainda possui capacidades físicas para ser uma mais-valia. Agora ao serviço do Almería, tem uma vasta experiência, coroada com a conquista de quatro Ligas Europa. Conta apenas com uma internacionalização A.

Cédric Soares – A fartura de soluções de qualidade no lado direito da defesa tem vindo a afastar o campeão europeu por Portugal das recentes convocatórias. Joga a seu favor o facto de alinhar no Arsenal, e o estatuto conferido por 34 internacionalizações pela Seleção.

Ricardo Pereira – Tem sido opção regular no Leicester, clube a que se juntou na época de 18/19, vindo do FC Porto. Dono de uma inegável qualidade, quando está em boas condições físicas torna-se imediatamente uma opção a ter em conta para o lado direito da defesa.

Mário Rui –o lateral-esquerdofoi presença habitual nos seleccionados de Fernando Santos, até o jovem Nuno Mendes lhe “roubar” o lugar. No entanto, enquanto for titular numa equipa como o Nápoles, nunca poderá ficar longe do radar da Seleção. E aos 30 anos, tem ainda muito futebol para dar.

Adrien Silva – O antigo capitão do Sporting, agora com 32 anos, tem vindo a emprestar a sua classe ao meio-campo da Sampdoria, clube a que se juntou na última época. O campeão europeu por Portugal tem experiência e atributos técnicos e tácticos suficientes para somar mais internacionalizações às 26 que já apresenta no curriculum.

Trincão – A qualidade que levou o Barcelona a contratá-lo continua lá. Está a somar minutos pelo Wolverhampton de Bruno Lage, pelo que se espera que continue a evoluir e a amadurecer enquanto jogador. Tem tudo para ser uma das figuras da Seleção nos próximos anos.

Podence – Pequeno em estatura mas grande em qualidade, o extremo do Wolverhampton, de 26 anos, conta até agora com apenas uma internacionalização A. Rapidez e imprevisibilidade são alguns dos atributos que o podem fazer sonhar com novas chamadas.

Bruma –E não é que já tem 27 anos? Os anos passam e continua sem “explodir” verdadeiramente, mas o extremo do PSV tem ainda assim qualidade de sobra para poder voltar à lista de seleccionados. Fez dois golos na última jornada da Liga Holandesa, frente ao Fortuna Sittard.

Gelson Martins –À semelhança de Bruma, esperava-se mais da carreira do extremo. Dono de uma grande velocidade e técnica exuberante, falta alguma regularidade exibicional ao jogador do Mónaco para poder voltar aos eleitos de Fernando Santos.

Jota – O avançado parece ter encontrado no Celtic de Glasgow o espaço ideal para explodir, contando já com seis golos em quatorze jogos pelo clube escocês esta época. Aos 22 anos, tem ainda uma margem de progressão enorme, o que o fará, sem dúvida, entrar em breve nas contas da Seleção.

Gonçalo Paciência – A posição de ponta-de-lança tem vindo a ser uma das mais carenciadas na Seleção, pelo que lhe bastaria aumentar o número de golos ao serviço do Eintracht Frankfurt para somar mais internacionalizações. Qualidade e atributos físicos para a posição não lhe faltam, pelo que pode manter viva a esperança.

Lembras-te de mais alguns jogadores para juntar a esta lista? Em quem apostas para entrar nas contas na próxima convocatória? Esta que é a verdadeira seleção à parte.

Se não perdes pitada dos jogos das seleções, passa pelo nosso site e descobre as fantásticas odds que te oferecemos nos duelos de qualificação para o Mundial 2022. Segue os teus palpites e diverte-te, sempre com responsabilidade.

Crédito da imagem a Sapo Desporto.

Artigos que também podes gostar

Apostas

A bwin chegou a Portugal a partir da compra através da Entain das licenças que a bet.pt possuí para operar em território nacional. Quer...

Futebol

Dezembro chegou e trouxe com ele o espírito natalício com o Passatempo Magia de Natal! De 1 a 24 de dezembro, a bwin vai...

Futebol

O Newcastle foi adquirido recentemente pelo Public Investment Fund, liderado pelo príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman. Segundo consta, tem uma fortuna...

Futebol

Pedro Correia, Ró-Ró para os amigos, nasceu no bairro do Casal de São José em Mem Martins, Sintra, e é atualmente é internacional pelo...