conecte-se conosco

Olá, o que procuras?

Curiosidades de Mundiais

Mundiais de Futebol

Histórias e curiosidades

Vibras com os Campeonatos do Mundo? Nós também!
Reunimos para ti curiosidades incríveis sobre Mundiais de Futebol. Recorda e partilha com amigos estes insólitos que marcaram a história do desporto rei.

WhatsApp
Facebook
Twitter
Telegram

Explora todas as edições do Campeonato do Mundo por data

banner de apostas no Mundial de 2022 da cada de apostas desportivas bwin
Hector Castro jogador de futebol sem uma mão ao colo de outro jogador no mundial de 1930

Foto: CN de fútbol

Uruguai

1930

Héctor Castro, el divino manco

No Mundial do Uruguai em 1930, um jogador chamou a atenção: Héctor Castro. Celebrizou-se como autor do último golo da final, entre Uruguai e Argentina. O uruguaio não possuia a mão esquerda, o que lhe rendeu o apelido de El Manco ou El Divino Manco.

argentino Manuel Ferreyra jogador de futebol

Fonte: Futebol Portenho

Manuel Ferreyra: Falta justificada

O argentino Manuel Ferreira, também conhecido por Nolo Ferreira, foi forçado a abandonar o Mundial por ter um importante exame de faculdade, em Buenos Aires.

Fonte: Showdecamisas

Itália

1934

Áustria jogou com a camisola do Nápoles

O jogo entre Áustria e Alemanha, que serviu para decidir o terceiro e quarto lugar do Mundial, teve um facto insólito: por ambas as Seleções terem um equipamento principal muito semelhante e não terem levado uma alternativa, a Áustria foi forçada a usar a camisola de um clube italiano, o Nápoles. Curiosamente, os austríacos já tinha feito história ao disputar o primeiro prolongamento de uma edição do mundial, num Áustria vs França.

transmissão de um jogo de futebol pela radio no mundial de futebol de 1938

Fonte: Futebol Na Veia

França

1938

Pela primeira vez na rádio

Em 1938 foi transmitido, pela primeira vez, um jogo de um Mundial na rádio.

jogador de futebol brasileiro Leónidas

Foto: Real Betis

Leónidas marcou um golo descalço

Leónidas da Silva, atleta da Seleção Brasileira, marcou um golo descalço no jogo frente à Polónia. Durante o jogo, as chuteiras romperam e Leónidas teve de jogar descalço até que a equipa técnica arranjasse uma solução. Acabou por não precisar.

Interregno devido à 2ª Guerra Mundial

Fonte: Esportes R7

Brasil

1950

Itália – uma squadra azzurra atingida pela desgraça

A Itália, inicialmente uma das principais candidatas à vitória, apresentou-se na competição com uma equipa muito desfalcada, fruto de um desastre aéreo ocorrido pouco tempo antes, onde faleceram vários jogadores que constituíam a base da equipa.

camisolas numeradas no Campeonato do mundo de futebol em 1950

Fonte: Marca

Camisolas numeradas

O Campeonato do Mundo de 1950 marcou a estreia da numeração nas camisolas, facilitando a identificação dos jogadores. Apesar de já terem sido usados números nas eliminatórias do Mundial de 1938 e em jogos entre clubes, esta foi a primeira vez em que foram adotados na fase final de uma grande competição.

jogador de futebol Ferenc Puskas cumprimenta o capitão alemão no Mundial de futebol de 1954

Ferenc Puskas cumprimenta o capitão alemão no Mundial de 1954. Foto: FIFA

Suiça

1954

A edição mais goleadora

O Mundial de 1954 fica para a história como aquele em que houve uma maior média de golos marcados: 5,38 por partida, correspondente a 140 golos em 26 jogos. Nos quartos de final, a Áustria venceu a Suíça por 7-5, o jogo com maior número de golos na história dos Mundiais.

jogador de futebol brasileiro Pelé no mundial de futebol de 1958

Foto: Jornal Correio

Suécia

1958

Um desconhecido chamado Pelé

Pelé, na altura um desconhecido jogador de apenas 17 anos de idade, tornou-se o mais jovem jogador a fazer um golo no Campeonato do Mundo. O “Rei”, que jogou com o número 10 na sequência de uma numeração aleatória por parte da FIFA, viria a eternizar o número e a tornar-se um dos maiores jogadores de sempre.

guarda redes Lev Yashin da União Soviética no mundial de futebol de 1958

Foto: Brasil de Fato

A classe das luvas

Lev Yashin, da União Soviética, foi o primeiro guarda-redes a usar luvas num Campeonato do Mundo. O Aranha Negra, como era conhecido no futebol, ficou também para a história devido aos seus grandes reflexos e flexibilidade, que lhe garantiram defesas espetaculares ao longo da carreira.

jogador de futebol David, expulso, foi escoltado pela polícia chilena no mundial de futebol de 1962

O jogador David a ser retirado do campo por policias chilenos.
Foto: LaPresse

Chile

1962

A Batalha de Santiago

O jogo entre o Chile e Itália na fase de grupos ficou conhecida como a “Batalha de Santiago”, a partida mais violenta da história dos mundiais. Após o Chile ter sido devastado por um terrível sismo em 1960, a realização do Campeonato do Mundo neste país foi colocada em causa. Ainda assim, foi decidido seguir em frente com o evento, que viria a ser realizado dois anos depois, sob a mítica frase “Porque não temos nada, faremos tudo”. Dias antes do início da prova, dois repórteres italianos teceram comentários insultuosos sobre o Chile e o seu povo, o que levou à revolta da população chilena. O jogo acabaria por se tornar num campo de batalha com várias situações violentas, intervenção policial, invasões e expulsões. O Chile venceu por 2-0, eliminando a Itália.

pickles o cão que encontrou a taça do mundial de 1966

Pickles, o herói improvável do Mundial de 1966. Foto: DR

Pickles, o cão celebridade que encontrou a taça roubada

A taça Jules Rimet, troféu do Campeonato do Mundo e avaliada na época em cerca de 3 mil libras, foi inesperadamente roubada meses antes do início do Mundial. Após investigações policiais infrutíferas, 7 dias depois do roubo surgiu um novo herói nacional. Um cão chamado Pickles acabaria por encontrar a taça num arbusto, embrulhada em papel de jornal. Curiosamente, a mesma taça acabaria por ser roubada novamente em 1983 no Rio de Janeiro, desta vez sem regresso. Como medida preventiva, a FIFA passou a entregar apenas réplicas aos campeões.

árbitro de futebol a exibir uma cartão vermelho

Foto: Torcedores

México

1970

Surgem os cartões

Os cartões vermelho e amarelo surgiram pela primeira vez neste Mundial, pela mão do árbitro inglês Keen Aston. Até então, todos os comandos fornecidos pelos árbitros eram verbais, o que dificultava o entendimento do interlocutor quando este falava outra língua.

Foto: Notícias da TV

Transmitido para toda a gente

O Mundial de 1970 foi o primeiro a ser transmitido ao vivo pela televisão para todo o planeta, via satélite.

Ernst Jean Joseph, jogador do Haiti

Ernst Jean Joseph. Foto: BF/ HaitiLibre

Alemanha

1974

Maldito dopping

O Mundial de 74, disputado na Alemanha, ficou marcado pela primeira punição em Campeonatos do Mundo devido ao uso de dopping. O “estreante” foi Ernst Jean Joseph, jogador do Haiti.

Fonte: oGol

Nasce a “Laranja Mecânica”

A seleção holandesa encantou o mundo com o “Futebol Total” que apresentou na Alemanha, onde os jogadores se revezavam nas posições dentro de campo durante as partidas, como uma máquina de precisão. A surpresa foi tanta que a equipa recebeu a alcunha de “Laranja Mecânica”.

avião Pan Am envolvido num desastre aéreo em 1974

Foto: Bob Harrington

Sorte macabra

A viagem dos jogadores do Uruguai para a Alemanha estava marcada para um determinado dia, no período da tarde. Uma vez que não puderam embarcar nesse horário, a delegação alterou o embarque para mais tarde. O avião que partiu à tarde, sem a equipa, acabou por cair, provocando a morte a 107 passageiros.

estádio Monumental na cerimónia de abertura do mundial de futebol de 1978

Foto: Domínio Público

Argentina

1978

Relvado em risco

A relva do estádio Monumental, palco da abertura e encerramento do evento, teve problemas antes do início do torneio. Faltava água em Buenos Aires e a solução foi trazer água do mar para regar o tapete verde, que chegou a ficar queimado.

selecção argentina a levantar a taça do campeonato do mundo em 1978

Foto: Carlo Fumagalli/AP

A afirmação das marcas

No Mundial de 78, disputado na Argentina, os logotipos das marcas desportivas apareceram pela primeira vez nos equipamentos das seleções.

folha de jornal sobre o golo 1000 da histórias dos mundiais de futebol

Fonte: Jornal el Sol

O golo 1000

O milésimo golo da história dos Campeonatos do Mundo foi marcado no Mundial da Argentina. O autor foi o holandês Resembrink, através da marcação de uma grande penalidade.

Fotografia antiga do resultado no estádio no mundial entre hungria e el salvador

Foto: Raúl Díez

Espanha

1982

Maior goleada num mundial: 10-1

A maior goleada num Mundial de Futebol aconteceu na edição de 1982, disputada em Espanha. A Hungria venceu El Salvador por uns incríveis 10-1.

expulsão mais rápida dos campeonatos do mudo

Árbitro francês a expulsar José Batista (número 6). Foto: Clarin Deportes

México

1986

A expulsão recorde: 00:00:56

O recorde da expulsão mais rápida da história dos Mundiais de Futebol vai para o uruguaio José Batista, que recebeu o cartão vermelho aos 56 segundos num jogo contra a Escócia, em 1986.

mão de deus de maradona

Foto: Arquivo BeSoccer

Mão de Deus

Foi em 1986, no México, que o argentino Diego Maradona marcou o seu infame golo contra Inglaterra nos quartos de final. Após a partida, El Pibe declarou que "se houve mão na bola, foi a mão de Deus".

Foto: FIFA

Itália

1990

“A Mão de Deus”, parte 2

Diego Maradona voltou a protagonizar a “Mão de Deus”, mas, desta feita, na sua própria baliza, para evitar um golo da URSS. À semelhança de 1986, o árbitro nada viu.

Foto: FIGC

Mais minutos sem sofrer golos

O italiano Walter Zenga esteve 517 minutos sem sofrer golos entre os Mundiais de 1986 e 1990, sendo o guarda-redes que mais tempo passou invicto em mundiais.

Foto: AFP

Estados Unidos da América

1994

Final discutida nos penáltis

No Mundial de 1994 houve a primeira final decidida por grandes penalidades. Depois de um empate entre Itália e Brasil no jogo decisivo, os canarinhos venceram por 3-2 a partir dos 11 metros.

Andres Escobar no mundial de futebol de 1994

Foto: AFP

Mundial trágico

A prova ficou também marcada pela morte trágica de Andrés Escobar, jogador colombiano que marcou um autogolo frente aos Estados Unidos, uma partida que acabou por ditar a eliminação da Colômbia. O jogador foi assassinado um mês depois.

jogadores no campeonato do mundo de futebol de 1998

Foto: FFF

França

1998

Introdução do Golo de Ouro

Nesta edição foi implementado o “Golo de Ouro” (também conhecido por “Morte Súbita”), com a primeira equipa a marcar no prolongamento a vencer a partida. Quem “inaugurou” esta regra foi Laurent Blanc, no jogo França vs Paraguai, a contar para os oitavos de final da prova.

Foto:

Coreia do Sul e Japão

2002

Camisola sem mangas

Os Camarões apresentaram-se no Mundial de 2002 com uma camisola sem mangas. Como a FIFA não permitiu que o país atuasse com esse equipamento, os africanos tiveram que colocar umas mangas pretas improvisadas.

Foto: FIFA

Desde este ano...Europa vitoriosa

2002 foi o último ano em que uma seleção extra-Europa venceu um Mundial, feito alcançado pelo Brasil. Desde aí, os vencedores foram todos europeus (Itália em 2006, Espanha em 2010, Alemanha em 2014, e França em 2018).

jogador de futebol Hakan Sukur, da Turquia

Fonte: ZeroZero

Golo mais rápido do Mundial: 00:00:11

O golo mais rápido marcado num Campeonato do Mundo foi marcado por Hakan Sukur, da Turquia, quando o país disputava o terceiro lugar da prova frente à Coreia do Sul. Acabaram por arrecadar a medalha de bronze ao vencer a equipa da casa por 3-2.

Cabeçada de Zinedine Zidane ao Italiano Marco Materazzi. Fonte: OJogo

Alemanha

2006

Cabeçada à Zidane

A famosa cabeçada de Zidane no peito de Materazzi aconteceu no Mundial 2006. O francês foi expulso e despediu-se assim da sua Seleção, que perdeu a final frente à Itália nos penáltis.

Fonte: Golo de Letra

Participação de um país que já não existia

No Mundial 2006, participou um país que, na altura, já não existia. Sérvia e Montenegro assinaram a dissolução do país e respetivas independências de Montenegro e Sérvia em 3 de junho de 2006. No Mundial, Sérvia e Montenegro não conseguiu pontuar e ficou em último lugar na fase de grupos.

Suaréz a defender um golo com a mão frente ao Gana no mundial de futebol de 2006

Luis Suárez evitando um golo do Gana com a mão, no final do prolongamento.
Fonte: O curioso do Fútebol

África do Sul

2010

Suárez, héroi por um triz

Uruguai e Gana chegaram aos últimos minutos de jogo empatados a uma bola no Mundial 2010. No último momento, o Gana teve uma grande oportunidade que foi defendida pelas mãos de... Luís Suárez. O avançado impediu assim o que seria o golo da vitória dos africanos oferecendo, no entanto, um penálti. O guarda-redes uruguaio acabou por defender e Suárez tornou-se num herói, uma vez que o Uruguai acabou mesmo por passar à próxima fase nas grandes penalidades.

Sul Africano no mundial de 2010 com uma vuvuzela

Foto: EPA

O ano das vuvuzelas

As vuvuzelas foram a imagem de marca do Mundial de 2010. Houve quem tentasse proibir a entrada deste “instrumento musical” nos Estádios, mas sem sucesso. O som chegou a impedir que altetas e treinadores se ouvissem dentro de campo.

Foto: FIFA

Brasil

2014

7-1 históricos

É impossível não falar da humilhante derrota que o Brasil, anfitrião do Mundial de 2014, sofreu às mãos da Alemanha. Os 7-1 deste jogo da meia-final da competição tornaram-se na maior derrota sofrida pelo país.

Luis Suaréz de braços abertos no mundial de 2014

Foto: FIFA

A mordida de Suárez

Foi no Brasil, em 2014, que Luis Suaréz protagonizou um dos momentos mais inolvidáveis da história do futebol. Na partida frente a Itália, o atacante mordeu Chiellini no ombro, o que lhe valeu um pesado castigo aplicado pela FIFA.

fair-play do Japão no mundial de 2018

Foto: FIFA

Rússia

2018

Decisão por fair-play

Pela primeira vez, um lugar nos oitavos de final foi discutido recorrendo ao fair-play, depois de esgotado o desempate por pontos, diferença de golos, golos marcados e confronto direto. O Japão apurou-se por ter visto menos cartões amarelos durante a fase de grupos.

Foto: FIFA

O Mundial dos autogolos

Foram nove os golos na própria baliza marcados nesta edição. Superou os sete que foram contados no Mundial disputado em França, em 1998.

sala do VAR no mundial de 2018

Foto: FIFA

A estreia do VAR

Pela primeira vez em fases finais de um Mundial, foi utilizada a tecnologia do VAR, que veio ajudar os árbitros da competição nas suas decisões. A eficácia esteve perto dos 100% (99,35%).

taça do mundo do mundial do qatar em 2022

Foto: Kurt Schorrer/EPA

Catar

2022

Uma cidade construída do zero

A cidade de Lusail foi construída de propósito, no meio do deserto, para a edição de 2022. Com apenas 38 quilómetros de extensão, é já considerada uma das mais luxuosas do mundo. Irá acolher as cerimónias de abertura e encerramento do Mundial.

evento candidatura para o mundial de 2026

Foto: REUTERS/Sergei Karpukhin

Canadá, Estados Unidos e México

2026

3 Países sede, 1 mundial

O Mundial de 2026, a primeira edição a ser disputada por 48 selecções, será realizada na América do Norte, com jogos nos Estados Unidos, Canadá e México.

cachecóis de Portugal e Espanha para receber o mundial de futebol de 2030

Foto: Reuters/ Sergio Perez

2030

Mundial Ibérico?

Portugal e Espanha fizeram uma candidatura conjunta para acolher o Mundial de 2030, que veio mais tarde a incluir também a Ucrânia. Dos estádios apresentados, três são em solo lusitano.

candidatura à organização do mundial de futebol de 1934

Foto: REUTERS/Athit Perawongmetha

2034

A Edição de Prata

A 25.ª edição do Mundial de Futebol está marcada para o ano 2034. De momento, há duas confederações na corrida: AFC, numa organização conjunta entre Singapura, Tailândia, Indonésia, Malásia e Vietname, China e CAF, onde se candidataram Egito, Nigéria e Zimbabué.

Toféu dos mundiais de futebol

Fonte: Trofeusdofutebol

2038

Sem espaço para mais campeões

A Taça do Campeonato do Mundo contempla espaço para gravar os nomes das seleções apenas até ao ano 2038. O que acontecerá depois? Ficamos a aguardar!

banner de apostas sem risco até 50€ da bwin em apostas desportivas
banner de apostas sem risco até 50€ da bwin em apostas desportivas
quem será o campeão da liga portgal bwin de 2022-23
bwin-tv
slot-races
banner-bonus-bwin-apostas-desportivas
banner-bonus-bwin-apostas-desportivas
liga-portugal-bwin-campeao-widget
03
slot-races
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Anúncios